Como diminuir o inchaço, melhorar o aspecto da celulite e combater a gordura localizada?

April 12, 2018

Conheça mais sobre essa técnica terapêutica e super relaxante, a Drenagem linfática.

É uma técnica terapêutica manual criada pelo dinamarquês Dr. Emil Vodder e sua esposa Estrid Vodder, em 1936, quando observaram que suas cuidadosas manipulações em determinados pontos do corpo reduziam o tamanho dos gânglios inflamados e traziam melhora da saúde dos pacientes.

Essa técnica tem como objetivo estimular o sistema linfático, que funciona paralelamente ao sistema circulatório. Ele é formado por uma grande rede de vasos, distribuídos por todo o corpo, coletando os líquidos dispersos, filtrando e direcionando-os à circulação sanguínea. Desta maneira, a drenagem atua com manobras que levam estes líquidos para as estruturas responsáveis por coletá-los.

A função da drenagem linfática é retirar a linfa q

 

ue fica acumulada entre as células - o que pode ser ocasionado por um retardo da pessoa na produção da linfa, por exemplo, ou por dificuldades da absorção por parte das células. Com essa estimulação, há a diminuição do inchaço e melhora no aspecto da celulite. Melhora, também, a circulação em geral, relaxa o corpo e auxilia no combate à gordura localizada, pois acelera o metabolismo do local.

Mas não se iluda, a drenagem linfática, por si só, não emagrece. Nos tratamentos estéticos, ela funciona como um coadjuvante na redução de medidas e peso, mas deve ser aliada a outras técnicas, além de uma alimentação saudável e a prática de exercícios físicos.

A drenagem linfática se baseia em movimentos repetitivos, lentos, suaves e rítmicos, sempre respeitando uma direção correta, seguindo o fluxo do sistema linfático.

É importante procurar um profissional capacitado, pois a falta de conhecimento pode comprometer a saúde de quem recebe o tratamento. Em hipótese alguma, a técnica deve deixar o corpo dolorido e com hematomas, tome cuidado.

Efeitos da drenagem linfática manual:

- Aumento da velocidade da linfa;

-Maior eficiência celular;

-Maior eficiência da nutrição dos tecidos;

-Melhora na resposta imunológica;

-Melhora no trânsito intestinal;

-Diminuição de aderências e retrações cicatriciais;

-Aumento da diurese.

Indicações:

-Problemas de circulação;

-Edemas;

-Cicatrização/ Hematomas;

-Menopausa;

-Alterações Hormonais;

-Pré e pós cirurgia plástica;

-Fumantes;

-Gestação (com prescrição médica);

-LDG (Celulite);

-Dores musculares/ Relaxamento.

Contraindicações:

-Processos infecciosos e viróticos;

-Tromboflebite;

-Insuficiência cardíaca e renal;

-Hipertensão;

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload